Diretrizes para supervisão e manutenção de óleos minerais isolantes de equipamentos elétricos

Diretrizes para supervisão e manutenção de óleos minerais isolantes de equipamentos elétricos

A NBR10576 é uma norma brasileira, publicada pela ABNT, que é o Foro Nacional de Normalização. As normas, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ ONS) e das comissões de Estudos especiais (CEE)  foram  elaboradas pela comissão de estudo CE-003:010.001, formadas pelas partes interessadas no tema objeto da normalização, da qual a Trafocare faz parte desde sua fundação – além do fato de que 02 de seus participantes são membros desde 1985 . Esta norma estabelece diretrizes para supervisão e manutenção de óleo mineral isolante em transformadores e equipamentos elétricos em operação, ou seja, uma vez que exista um transformador em operação, essa norma oferece os requisitos para que você o mantenha operável corretamente.

A NBR-10576 é uma norma que foi revisada em outubro de 2017 – a sua quarta revisão e edição desde a sua implantação. Vale destacar que essas normas da ABNT geralmente possuem uma validade determinada e, depois deste período ou ainda quando e evolução tecnológica exija,  ela é submetida a um processo de revisão na  própria comissão de estudos responsável por sua elaboração. No caso de perda da validade, pode ocorrer que a CE (Comissão de Estudos) reedite a norma sem qualquer alteração.

O mercado brasileiro utiliza essa norma como referência para a definição dos critérios mínimos a serem aplicados na supervisão e manutenção dos transformadores e equipamentos elétricos, especificamente em relação à padronização dos  testes e análises de óleo dos transformadores a serem executados durante sua vida útil, definindo sua periodicidade e, principalmente aos valores limites especificados para cada condição de trabalho do equipamento, bem como as ações corretivas sugeridas quando os valores os limites  são superados.

A NBR10576 apresenta quais são os ensaios e métodos de ensaio recomendados no óleo mineral para uma manutenção segura e eficiente dos transformadores e equipamentos elétricos em serviço (Tabela 1 – pág. 13), seguido de uma descrição  de cada ensaio sugerido com  informações técnicas  básicas para uma rápida compreensão de que se trata e pra que serve cada ensaio. Em seguida apresenta os valores de referência para início de controle de óleos isolantes em equipamentos novos (Tabela 2 – pág. 25), onde também se encontra a categorização dos transformadores e equipamentos elétricos em função da sua classe de tensão.

Na Tabela 3 (pág. 29) é apresentado um resumo das ações corretivas, onde encontramos as causas principais, sintomas e ações corretivas sugeridas, seguidos de uma descrição técnica de cada uma delas, com informações muito importantes para o entendimento e controle das ações sugeridas. Na Tabela 4 (pág. 32) são apresentados os valores limites recomendados para óleo após recondicionamento, onde são especificados os valores limites para óleo após serviços de recondicionamento que serão utilizados para aprovação e liberação dos serviços executados. Esta tabela também traz uma descrição técnica de cada tipo de recondicionamento disponível no mercado (termo vácuo, centrifugação, filtros de absorção seletiva etc.).

Na Tabela 6 (pág. 34) apresenta-se os valores recomendados para óleo após regeneração, onde são especificados os valores limites para óleo após serviços de regeneração que serão utilizados para aprovação e liberação dos serviços executados. Também traz uma descrição técnica de cada tipo de regeneração disponível no mercado (Percolação, Contato etc.). Já na Tabela 7 (pág. 38) nos valores limites para óleos em transformadores e reatores em uso, são especificados os valores limites para cada ensaio que uma vez superados, onde é indicada a necessidade de uma ação corretiva no intuito de restabelecer as melhores condições de operação do equipamento, aumentando sua vida útil e principalmente sua segurança operacional.

Recentemente, a ABNT determinou que tanto os métodos de ensaio  quanto as especificações de valores limites utilizados pelo CB-003 e apresentados nesta norma devem ter como referência aqueles documentos e normas  elaboradas pela própria comissão CE -003:010.001 e, em caso de ausência ou orientação, que seja seguido a  IEC (Comissão Eletrotécnica  Internacional, ou International Eletrotechnical Commission, organização  internacional de padronização de tecnologias elétricas, eletrônicas, e relacionadas, fundada em 1906 com sede em Genebra – Suíça e que congrega 162 países).

A NBR10576 é uma norma completa, que oferece uma diretriz muito eficiente para a supervisão e manutenção de transformadores e equipamentos elétricos para todo o mercado brasileiro, incluindo todas as classes de geradoras, transmissoras, distribuidoras e de clientes industriais, comerciais etc. de energia elétrica, conferindo alta segurança operacional e aumento da vida útil dos ativos do setor elétrico brasileiro.

Vale salientar que, através da coleta de óleo dos transformadores e equipamentos elétricos e da execução de ensaios especificados, obtemos um diagnóstico preciso das condições operativas do equipamento, bem como a necessidade ou não de ações corretivas. Tudo isso, na maioria dos casos, sem o desligamento do equipamento.

Por que contratar manutenção preventiva e corretiva da Trafocare?

Todo trabalho de manutenção preventiva e corretiva da Trafocare está baseado nas tabelas da norma NBR10576 – o que garante padronização, segurança, credibilidade e a garantia de um serviço de excelência:

Entenda o fluxo de trabalho da Trafocare:

  • Inicialmente, realizamos uma coleta de amostra do óleo do equipamento, onde também são registradas as possíveis não conformidades operacionais, através da inspeção visual;
  • As amostras são encaminhadas ao laboratório que executam os testes nos mais rígidos padrões de qualidade (ABNT- NBR- 17.025);
  • Com o resultado obtido nas análises, a Trafocare submete o seu corpo técnico especializado, que utilizando-se nas normas vigentes, alado a sua larga experiência profissional, apresenta o diagnóstico e, em caso de necessidade, indica as melhores ações corretivas para a solução do problema com qualidade, segurança operacional e custo benefício.

A Trafocare cumpre rigorosamente as recomendações e especificações da norma NBR10576, algo que julgamos de suma importância nos processos de contratação desse tipo de serviço. Em nosso segmento de serviços, a melhor proposta não necessariamente é aquela que apresenta menor preço.

A Trafocare considera a norma NBR10576 como um selo de garantia do serviço prestado, por isso, sugere que seja utilizada como base técnica em todas as cotações de serviços.  Muitas corretoras de seguro também utilizam esta norma em seus processos de auditoria padrões, bem como na análise de sinistros de equipamentos elétricos.

Entre em contato com a Trafocare

A Trafocare oferece diversos canais de comunicação para propiciar maior conforto e praticidade aos seus clientes. Entre em contato pelo telefone (019) 4042-1717 ou pelo e-mail contato@trafocare.com.br. Para conhecer mais os serviços da Trafocare, entre eles, a Análise de Teor de PCB, visite o site:http://trafocare.com.br.

 

Leave a Comment